15 de Julho de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 16 de Junho de 2022, 09:32 - A | A

CAUSAS NATURAIS

Cerimônia de despedida do ex-deputado Luiz Soares será restrita à família

A morte repentina do Cabeção, comoveu o meio político mato-grossense que emitiu notas de pesar e solidariedade

RAPHAELLA PADILHA - HNT

Referência na política estadual o ex-deputado estadual Luiz Antônio Vitório Soares, o Luiz Soares, morreu em casa, aos 64 anos, de causas naturais, na madrugada desta quinta-feira (16). Advogado, Luiz Soares se destacou como relator da Constituição Estadual de Mato Grosso promulgada em 1990.

Atendendo a um pedido de Luiz ainda em vida, não haverá velório e seu corpo será cremado numa cerimônia reservada aos familiares.

luiz soares nova

 Luiz Soares

Nascido em 09 de março de 1958 na cidade de Alto Garças, Cabeção, como era carinhosamente chamado pelos amigos, vivia em Cuiabá desde a juventude.

Ele foi um dos fundadores do PSDB em Mato Grosso.

Luiz Soares foi deputado estadual por três mandatos (1983 a 1998), suplente de senador de 1999 a 2007, vice-prefeito de Cuiabá no segundo mandato do prefeito Roberto França (2001 a 2004), quando foi secretário de Saúde de Cuiabá, depois Várzea Grande e também exerceu o cargo de secretário de Saúde de Mato Grosso na administração de Pedro Taques.

Ele deixa a viúva Viviane Soares, e três filhas: Marina, Thaís e Vitória.

CONSTERNAÇÃO

A morte repentina do Cabeção  comoveu o meio político mato-grossense e diversas autoridades emitiram notas de pesar e solidariedade. 

Em nota encaminhada à imprensa o ex-secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo se solidariza com a família e lembra da importância dos trabalhos desenvolvidos por Soares. 

Com mais de 40 anos de vida pública, Luíz Soares deixou registros na história deste estado da sua marca e trabalho desempenhado em prol de todos mato-grossenses, especialmente na área da Saúde”, ressaltou Gilberto.



Comente esta notícia