19 de Julho de 2024

OPINIÃO Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2024, 08:14 - A | A

Tio Ivens

Ivens Scaff, médico e poeta cuiabano, membro da Academia Mato-grossense de Letras, morreu nesta quarta-feira (21) em Brasília após lutar contra um câncer no fígado

alfredo scaff

 Alfredo Scaff

Na quietude da Chapada, onde o vasto céu azul abraça a terra, celebramos o espírito eterno do tio. Um homem cuja essência era profundamente enraizada em Cuiabá, mas cujo amor abraçava toda a criação como expressão divina.

Médico de coração e alma, ele tecia a esperança com suas mãos, restaurando corpos e almas com compaixão, refletindo a divina misericórdia em cada ato de cuidado.

Apaixonado pelas letras, Tio Ivens viajou por profundezas humanas e divinas através das páginas dos livros, nutrindo seu ser com o pão do espírito e tecendo palavras que refletiam sua admiração pela vida.

Sua fé, um alicerce inabalável, era alimentada pela vastidão e beleza da criação, encontrando na natureza e nos ensinamentos sagrados, especialmente nas águas serenas do Coxipó do Ouro, um reflexo do paraíso, onde corpo e alma se reencontravam em harmonia.

Cuiabano de nome e essência, sua conexão com a terra e com todo o universo natural era um fogo que iluminava seu caminho, inspirando a todos com histórias de bravura, beleza e uma infinita fé.

Em sua memória, recordamos não apenas seu amor pela medicina e literatura, mas também sua profunda união com a natureza, ensinando-nos a cultivar um olhar atento e um coração grato pelo divino que nos rodeia.

Agora, Tio Ivens repousa onde o céu toca a terra, abençoando a todos com sua história de vida, amor e eterna serenidade. Que seu legado seja um convite para vivermos em harmonia com o criador e a criação.

No sopro do vento e na dança das águas, na quietude do amanhecer, Tio Ivens vive, eterno e sereno, ensinando-nos a viver em harmonia com tudo que é divino, um testemunho de amor, vida e gratidão pela obra que nos cerca.

<< céu vasto sobre Ivens brilha Eterno azul Fé libres >>

Alfredo Scaff



Comente esta notícia

Olga Castrillon 22/02/2024

A mais bela expressão da essencia do poeta-médico Ivens Scaff: entre o divino e a matéria!!!

1 comentários

1 de 1