13 de Julho de 2024

INFRAESTRUTURA E MEIO AMBIENTE Sexta-feira, 25 de Novembro de 2022, 17:56 - A | A

AMEAÇA DA SUBVARIANTE DA ÔMICRON

Emanuel marca reunião com Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus para segunda

Informação foi dada após entrega das obras de revitalização da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Juarez Sodré Farias, no bairro Araés, na manhã desta sexta

Alexandra Lopes - HNT

pessoas na rua mascara

 

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), reúne-se na segunda-feira (28) com membros do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus na Capital. Durante a agenda, serão apresentados dados relativos à confirmação ou não do avanço da subvariante da Ômicron, variante da covid-19, em Cuiabá.

A informação foi dada após entrega das obras de revitalização da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Juarez Sodré Farias, no bairro Araés, na manhã desta sexta-feira. Na ocasião, o emedebista fez um apelo aos profissionais da Educação no sentido de incentivarem a imunização efetiva dos alunos e de seus pais.

Segunda-feira eu vou fazer uma reunião apesar, de ser ponto facultativo (em função do jogo da seleção brasileira no Qatar), vamos ver se confirmam esses dados. Mas, vamos estimular os pais a se vacinar, a tomar a quarta dose, a vacinar suas criancinhas. Essa é a única forma de preserva a saúde da população”, declarou.

Nesta quinta, o Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública do Estado (COE-MT) recomendou o retorno do uso das máscaras para pessoas com sintomas gripais e crianças de 5 a 11 anos em ambiente escolar. A orientação também vale para ambientes fechados com aglomeração ou de ventilação prejudicada. Questionado se Cuiabá adotará medida semelhante, Emanuel informou que tomará a medida se houver a necessidade.

Eu quero garantir o novo normal à população, quero garantir com todos os cuidados possíveis a normalidade em Cuiabá, como nós já estávamos praticando. Agora, se houver necessidade em nome da saúde, da vida da população e das crianças da comunidade escolar, nós vamos avaliar, mas o que quero é o menor impacto possível na vida das pessoas e na economia da Capital, mas vamos preservar como sempre a saúde e a vida de todos. Ambiente é uma decisão mais técnica”, finalizou



Comente esta notícia