13 de Julho de 2024

EDUCAÇÃO Quarta-feira, 06 de Julho de 2022, 14:01 - A | A

"VAI TOMAR NO SEU C...";

Professora perde a paciência, xinga aluno e abandona sala em VG

O caso aconteceu na Escola Adalgisa de Barros, durante uma aula no período noturno, na segunda-feira

alunos na escola

 

Um vídeo registrado na Escola Estadual Adalgisa de Barros, em Várzea Grande, mostra uma discussão entre um aluno e uma professora.

 Após perder a paciência, ela xinga o aluno e, em seguida, abandona a sala de aula com uma mochila nas costas (confira o vídeo abaixo).

 Conforme apurou a reportagem, o caso ocorreu na última segunda-feira (4), durante uma aula no período noturno.

 As imagens mostram a professora dizendo que ficaria fora da sala de aula e, em resposta, o aluno diz: “Vai com Deus”.

 Eles trocam mais alguns insultos quando a professora abre a porta para air mas, antes, vira-se para o aluno e grita duas vezes: “Vai tomar no seu c...”, e em seguida sai.

 O aluno retruca logo que ela se vira: “ai, adoro!”. Um aluno que estava fora da sala entra repetindo a frase proferida pela professora. É possível ainda ouvir risos de alguns alunos.

 A reportagem não identificará a professora para preservar sua imagem.

 Outro lado

A escola foi procurada, mas optou por não dar mais detalhes sobre o ocorrido, informando ter tomado as medidas necessárias.

 “A gestão teve o diálogo com a professora, sobre o evento. Lavramos ata e a encaminhamos para a Delegacia Regional de Ensino de Várzea Grande e a Seduc“, afirmou a direção.

 A Secretaria de Estado de Educação se manifestou por meio de nota.

 Confira a nota na íntegra:

 A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) esclarece que, a respeito da discussão envolvendo uma professora e um aluno da Escola Estadual Adalgisa de Barros, durante as aulas na noite desta segunda-feira (04.07), desde que tomou conhecimento dos fatos determinou que a unidade escolar tomasse providencias se reunindo de imediato com as partes envolvidas.

 Quanto à conduta da professora, a Diretoria Regional de Educação (DRE) polo Várzea Grande irá tomar as providencias administrativas que o fato requer em relação a sua alteração de humor. O Núcleo de Mediação Escolar também entrou em ação e orientou a DRE para que entre em contato com Programa ERA, da Seduc-MT, para implantar ações na unidade escolar com foco no psicoemocional dos profissionais da Educação.

 Em casos como esse, a Seduc-MT mantém a política da maleabilidade, da abertura e do olhar plural. Além do apoio psicológico e social aos envolvidos, desenvolve práticas de escuta ativa enquanto prevenção, estimulo ao diálogo e empatia com envolvimento de toda a comunidade escolar.

lorem


Comente esta notícia

CLÁUDIO COELHO BARRETO JÚNIOR 06/07/2022

O ALUNO DEVE SER EXCLUÍDO DOS QUADROS DA ESCOLA.

1 comentários

1 de 1