15 de Julho de 2024

VARIEDADES Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022, 11:31 - A | A

DISPONÍVEL ONLINE POR 24H

Documentário dirigido pelo jornalista Rodrigo Vargas é exibido no FestCine Pedra Azul nesta quarta

Filme apresenta um mergulho na intimidade da crítica e animadora cultura Aline Figueiredo, que passou a vida a construir, fortalecer, apoiar e registrar a cena das artes em MT e região

MÁRCIA TOMAZ - HNT

cartaz de filme

 

O documentário cuiabano "Eu sou capim navalha”, dirigido pelo jornalista Rodrigo Vargas, terá sua estreia nacional online nesta quarta-feira (10), durante a mostra competitiva do FestCine Pedra Azul. A obra apresenta um mergulho na intimidade da crítica de arte e animadora cultural Aline Figueiredo, que passou a vida a construir, fortalecer, apoiar e registrar a cena das artes no coração do Brasi, em Mato Grosso.

Dirigido pelo jornalista Rodrigo Vargas, o filme, produzido em 2021 por meio da Lei Aldir Blanc, conta a história de Aline Figueiredo, que ganhou o mundo e se tornou um dos principais nomes da história das artes e da cultura de Mato Grosso dos últimos 50 anos. 

No documentário “Eu Sou Capim Navalha”, o olhar é menos cronológico, factual e mais intimista, mostrando Aline em sua lendária casa no bairro Popular, em Cuiabá, em meio a livros, centenas de obras de arte e quatro cães ruidosos, que são sua paixão.

Filha de cuiabano, Aline Figueiredo nasceu na cidade sul-mato-grossense de Corumbá, no coração do Pantanal, e dedicou seu trabalho ao fortalecimento da cultura em Mato Grosso. Sempre atuou nos bastidores, sendo decisiva na trajetória de artistas como Dalva de Barros, Clóvis Irigaray, Adir Sodré e Gervane de Paula, entre outros, inclusive do violeiro de renome nacional Almir Sater, conterrâneo de Aline. 

O diretor Rodrigo Vargas é natural de Patrocínio (MG), mas viveu em Cuiabá desde menino. Jornalista com 23 anos de estrada, já percorreu Mato Grosso, o Brasil e o mundo em busca de histórias e personagens.

O filme será exibido durante 5º FestCine Pedra Azul a partir das 20h (horário de Brasília) e ficará disponível por 24h na plataforma do festival, por meio do link .

 



Comente esta notícia