23 de Julho de 2024

VARIEDADES Domingo, 12 de Fevereiro de 2023, 09:11 - A | A

BELEZAS NATURAIS

Conheça cidades turísticas no interior de MT para descansar e se aventurar

Ana Júlia Santos - Especial para o GD

Pensando em descansar, mas sem poder gastar muito com viagens longas e caras, no interior de Mato Grosso você pode conhecer lugares incríveis e pontos turísticos de tirar o fôlego que são pouco conhecidos por quem mora na capital, mas que busca pela calma e paz que só a natureza pode proporcionar. 

Pensando nisso,  elencamos 5 municípios que podem ser o destino de suas mini férias, para poder descansar o corpo e curtir com a família. 

Nobres (146km a Médio-Norte)

Reprodução/Trip Advisor

Aquário Natural

 

Conhecida entre os turistas por possuir os melhores rios para banhos, mergulhos e boias em cachoeiras, Nobres também é conhecida por suas belezas naturais, como é o caso do Rio Salobra e do Rio Triste, que encanta pelas águas transparentes e o fundo de calcário. 

Além de possuir passeios de trilhas, como na Serra Azul, e a prática de tirolesas. Outro lugar muito visitado na cidade é o Recanto Ecológico Azul, que abriga o Aquário Encantado, que é um aquário natural, onde você pode nadar e conhecer de pertinho as diversas espécies de peixes que contemplam os rios da região.

 

 

Vila Bela da Santíssima Trindade (521km a Oeste)

Foto/@luanaguiavilabela

canion vila bela

 

A primeira de capital de Mato Grosso, é contemplada por diversas cachoeiras e cânion que circundam a cidade, que fica próximo a belas paisagens. Além de observar piscinas naturais e riachos que abrigam uma grande diversidade de peixes. 

Entre as cachoeiras mais procuradas estão a Cachoeirinha e a Cachoeira dos Namorados, localizadas no Parque Estadual Ricardo Franco, e a Cachoeira Jatobá, que é a maior do estado e a 4.º maior do Brasil, com 252 metros de altura.

 

 

 

 Alta Floresta (803km ao Norte)

Reprodução/ Adventure Club

Turismo Alta Floresta

 

Com rica biodiversidade de flora e fauna, Alta Floresta é atrativa pela proximidade com a Floresta Amazônica, a beleza do Rio Teles Pires, a grandeza do Parque Estadual do Cristalino, seu Centro Cultural, o Avião Douglas DC-3, que fica na praça da Cultura. 

A cidade oferece opções de passeios para todas as idades, desde pedalar e parar para apreciar a Lagoa das Capivaras, também conhecido como Lago da C, ou ir até sítios, chácaras, fazendas, beira de rio ou córregos, e uma trilha em meio a floresta fechada.

 

 Barra do Garças (509km a Leste)

Reprodução

Cachoeirra Barra do Garças

 

Cortada pelos rios Araguaia e Garças, a cidade é conhecida pelo seus recursos hídricos, como cachoeiras, trilhas em florestas, grutas, montanhas e até águas termais. Além disso, durante as trilhas é possível fazer paraquedismo, trekking e voo livre dentro da floresta.

 Outro ponto turístico interessante é a Serra Azul, onde fica uma réplica do Cristo Redentor, com 15 metros de altura, e é conhecido pelas trilhas para subir até o topo, sendo um espaço contemplativo para quem busca calma e paz.

  

Tangará da Serra (239km a Médio-Norte)

Reprodução/Prefeitura de Tangará

Salto das Nuvens

 

Com o nome inspirado no pássaro Tangará, uma das aves mais famosas do País e que habita a Serra de Tapirapuã. A cidade é contemplada com paisagens exuberantes, povo acolhedor, com rica cultura e gastronomia.  

Um dos pontos turísticos mais bonitos do município é a Cachoeira Salto das Nuvens que possui praia natural, estacionamento, lanchonete, restaurante, loja de souvenirs, sala de jogos, redário e deck para pescaria. Outro ponto muito conhecido é o Rio Formoso, onde é praticado o Rafting pelas corredeiras e águas transparentes que o rio proporciona.



Comente esta notícia