13 de Julho de 2024

SAUDE Terça-feira, 15 de Agosto de 2023, 14:05 - A | A

SOB INTERVENÇÃO

Governador dá ordem de serviço para obras no antigo PS e prevê entrega de Centro Médico em dezembro

'Centro Médico Infantil vai evitar que as crianças fiquem sem atendimento adequado', afirma governador

Leiagora

PS antigo de cba

 

O governador Mauro Mendes afirmou que o Centro Médico Infantil em Cuiabá, cujas obras começaram nesta terça-feira (15), vai evitar que as crianças da Capital fiquem sem atendimento adequado.

A unidade está sendo reformada pelo Gabinete de Intervenção do Estado dentro do antigo Pronto-Socorro, e deverá ser entregue até o final do ano.

"Se Deus quiser daqui a três meses e meio aproximadamente, nós estaremos aqui entregando mais esse importante equipamento, que fecha uma estratégia para melhorar o atendimento nesta especialidade aqui na cidade de Cuiabá e por que não dizer na baixada cuiabana", relatou.

Conforme o governador, o Centro Médico Infantil contará com 25 leitos, sendo cinco de sala vermelha (casos graves), seis de sala amarela (casos moderados), e nove consultórios.

Além disso, o centro terá a disposição o restante da estrutura do hospital, incluindo as 15 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

"O grande desespero de toda mãe é de ter o seu filho com algum problema e não encontrar uma solução. E o Centro Médico Infantil vai evitar que as crianças fiquem sem atendimento adequado, porque aqui teremos especialistas, os leitos de retaguarda, e o hospital tem raio-x, outros equipamentos de imagem, e no terceiro andar a ala onde instalamos as UTIs", destacou.

Mauro Mendes ainda lembrou dos avanços já conquistados com o trabalho da intervenção, a exemplo da entrega da UPA Leblon e das milhares de cirurgias realizadas.

"Nós estamos fazendo as cirurgias dentro do programa Fila Zero, nesse mutirão de cirurgias, e já zeramos a fila em seis especialidades. Isso é inédito em Cuiabá. Lá no Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, já zeramos a fila da bariátrica", citou.

Também estiveram na assinatura da ordem de serviço: o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho; os deputados estaduais Paulo Araújo, Max Russi e Chico Guarnieri; a interventora Danielle Carmona e o coi-nterventor Hugo Lima; os secretários de Estado Fábio Garcia (Casa Civil), Laice Souza (Comunicação) e Jefferson Neves (Cultura, Esporte e Lazer); além de vereadores e lideranças regionais. 



Comente esta notícia