23 de Julho de 2024

POLÍTICA Sábado, 09 de Julho de 2022, 09:45 - A | A

CAMPO DA ESQUERDA

Natasha admite pela primeira vez que pedirá votos para Lula

Pré-candidata pertence ao PSB, sigla que indicou Geraldo Alckmin para vice do ex-presidente

THAIZA ASSUNÇÃO E DOUGLAS TRIELLI - Midia News

natasha senadora

 A pré-candidata ao Senado Natasha Slhessarenko (PSB)

A pré-candidata ao Senado Natasha Slhessarenko (PSB) declarou não ter problema em pedir voto para o ex-presidente Lula (PT) em Mato Grosso.

 Natasha frisou que nacionalmente o PSB já é aliado da a Federação Brasil da Esperança, formada por pelo PT, PV e PCdoB e, inclusive, indicou o ex-governador de São Paulo Geraldo Alkimin como pré-candidato a vice de Lula.

Eu sou do PSB, cujo o vice do Lula é do PSB, por isso é muito mais natural que a gente esteja junto", afirmou a pré-candidata, que pela primeira vez admitiu pedir votos para o ex-presidente.

 A declaração pode ser vista como uma tentativa de ser o nome do campo da esquerda ao Senado no Estado e vem logo depois do também pré-candidato, deputado federal Neri Geller (PL), abrir diálogo com o PT nacional.

Isso porque do outro lado uma aliança parece já estar praticamente selada, tendo o senador Wellington Fagundes (PL), que vai buscar a reeleição, como candidato do presidente Jair Bolsonaro (PL). 

 “Eu acho que tudo isso vai se definir nas convenções. A gente tem alguns dias para tudo isso se desenhar. As coisas ainda estão assim... Agora está afunilando, a gente está nesse movimento há alguns meses, mas está se afunilando”, disse.

 “Não acharia de modo nenhum ruim, e olha só que coisa fantástica, ter o Neri Geller pedindo voto para o Lula também. Qual o problema disso? Eu pedindo voto para Lula e ele também. Qual o problema?”, acrescentou.



Comente esta notícia