15 de Julho de 2024

POLÍTICA Segunda-feira, 12 de Junho de 2023, 08:00 - A | A

VISITA DE MINISTRA

Mauro quer saber os planos da União para MT e diz que não vai fazer festival de pedilança a Tebet

Rafael Machado Repórter | Estadão Mato Grosso

mauro mendes e secretaria

 

O governador Mauro Mendes (União) afirmou que receberá a ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, em Cuiabá no dia 15 próximo para discutir o Plano Plurianual (PPA) do próximo ano. Ele ressaltou que deseja mostrar a Tebet as principais áreas em que o Estado necessita de apoio do Governo Federal. No entanto, enfatizou que não fará um "festival de pedidos", mas sim compreender as diretrizes que o governo está planejando para cada ente federativo.

Mauro ressaltou que, nos últimos anos, o governo assumiu funções que são responsabilidade da União, como o controle das rodovias, evidenciando a capacidade de Mato Grosso de conduzir investimentos "por conta própria".

"Tenho elaborado todo o planejamento em Mato Grosso, embora precisemos de ajuda, como todos sempre necessitam, independentemente de quem sejam ou onde estejam. O governo tem planejado com recursos próprios e com a capacidade de investimento que temos gerado dentro de Mato Grosso. O governo federal desempenha um papel importante nessas obrigações federais", afirmou em entrevista à imprensa.

Além disso, Mauro também abordará com a ministra a concessão do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães. O governador tem insistido com membros do Governo Federal para que o processo de licitação que concedeu a administração do parque à iniciativa privada seja anulado.

"Assumimos a BR-174 que vai para Coriza e recentemente a BR-158. Agora estamos buscando assumir o parque da Chapada, embora não estejam permitindo, mas estamos agindo. Vamos dialogar com a ministra e explorar as diretrizes disponíveis para solicitar o que for possível. Não queremos fazer uma série interminável de pedidos sem resultados. Eu e o governo federal não temos tempo a perder. Portanto, dentro das possibilidades, vamos dialogar e buscar construir ações em sinergia com o governo", complementou.

Tebet está percorrendo o país para registrar as ações emergenciais em cada região, o que ajudará na distribuição do orçamento da União nos próximos anos. Além da ministra, Márcio Macedo, secretário-geral da Presidência da República, também visitará o Estado.



Comente esta notícia