21 de Julho de 2024

POLÍTICA Terça-feira, 21 de Novembro de 2023, 12:23 - A | A

OPERAÇÃO HERMES 2

Mauro afirma que operação contra o filho tem 'cheiro de armação' de adversários políticos

Governador, no entanto, não citou nomes e prevê que inocência do filho será provada com tranquilidade

Jardel P. Arruda - Leia Agora

Mauro mendes gde

 O governador Mauro Mendes (União)

O governador Mauro Mendes (União) afirma que o envolvimento do filho Luis Antonio Taveira Mendes em uma investigação da Polícia Federal sobre contrabando de mercúrio tem cheiro de armação de adversários políticos.

Ele também classificou o caso como um equívoco dos policiais e prevê provar a inocência do primogênito no decorrer do inquérito policial.

Avaliação da Operação: Um grande equívoco da Polícia Federal e isso vai ser demonstrado com tranquilidade, vai ser demonstrado nos autos. Eu não sei ainda a natureza disso, mas, na política sempre têm isso. Sempre tem adversários que potencializam. [...] Que é armação… tem cheiro! Mas, para eu acusar alguém, tenho que ter certeza. Não vou cometer com os outros o mesmo erro que está previsto comigo”, disse.

A declaração foi dada na manhã desta terça-feira (21), antes da posse do novo presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Sérgio Ricardo, realizada no auditório da Fatec-Senai, em Cuiabá.

Foi o primeiro pronunciamento sobre o caso desde que voltou da missão internacional na China e na Índia, período no qual aconteceu a operação.

O governador ainda cita que, por conta da política, acredita ter sido, pessoalmente, alvo de inquéritos no âmbito da Operação Ararath, deflagrada em 2013 para investigar crimes financeiros de lavagem de dinheiro.

Como nunca conseguiram me atacar como governador… pode ver, ao longo dos anos que estive na política, como prefeito e como governador, nunca fui atacado. Agora, minhas empresas, são o tempo todo. A operação Ararath foi uma coisa dessas. Depois de três anos, foi tudo arquivado. A Casa de Pedra ficou 10 anos, para provar, depois de um longo inquérito, que estava tudo certo, não tinha nada do que foi dito”, relembrou.

Operação Hermes

O filho do governador Mauro Mendes, Luis Antonio Taveira Mendes, é um dos investigados na segunda fase da Operação Hermes, deflagrada no dia 8 de novembro.

Em nota, o advogado dele, Helio Nishiyama afirma que ele não é administrador da empresa investigada e possui sociedade minoritária, portanto não teria nenhum poder de decisão no caso de um suposto contrabando de mercúrio.



Comente esta notícia