13 de Julho de 2024

POLÍCIA Terça-feira, 02 de Maio de 2023, 14:04 - A | A

COMBATE AO CRIME

Júlio: PT é "frouxo" e não tem capacidade de endurecer legislação

Deputado estadual diz que Código Penal obriga Estado dar “tratamento carinhoso” a criminosos

CÍNTIA BORGES E GUSTAVO CASTRO - Midia News

julio campos

 O deputado estadual Julio Campos (União)

O deputado estadual Julio Campos (União) classificou como “fraca” a legislação penal brasileira e disse não ver perspectivas para que haja uma mudança para leis mais rigorosas.

 “A legislação brasileira está fraca, e eu não tenho grandes esperanças de mudanças na legislação, já que o próprio Governo Federal, do PT, na parte de rigor na punição, é comedido e frouxo”, afirmou o parlamentar se referindo a presidente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que tomou posse no dia 1º de janeiro. 

A declaração foi dada a jornalistas quando Julio foi questionado sobre as ações das forças de segurança contra os criminosos que aterrorizaram Confresa (a 1160 km de Cuiabá).   

Até o momento, foram 12 criminosos mortos e quatro presos. A suspeita é que o grupo tenha 20 pessoas.

Para Júlio, a legislação atual condiciona o Estado a tratar criminosos presos “com carinho”.

 “Hoje o bandido é tratado com muito carinho, não só pela Justiça, mas pelo Ministério Público e pelos próprios delegados. A própria lei obriga esse tratamento carinhoso. Porque, após audiência de custódia, 90% dos cidadãos são liberados”, disse o parlamentar. 

O caso 

Armados com fuzil, pelo menos 20 criminosos invadiram e atearam fogo na sede da Polícia Militar de Confresa. 

Na saída, eles ainda provocaram terror na população, fechando estradas, roubando e incendiando veículos. 

Vídeos e áudios que circulam na internet mostram a ação dos criminosos. Nas gravações, é possível ver o desespero dos moradores. 

O grupo atacou viaturas do Corpo de Bombeiros e invadiu a empresa de segurança Brink's, alvo principal dos atentados. Eles ainda fizeram um policial refém, mas o liberaram logo em seguida.



Comente esta notícia