15 de Julho de 2024

POLÍCIA Quarta-feira, 26 de Abril de 2023, 14:25 - A | A

PREVENÇÃO AOS ATAQUES

Governo anuncia criação do Batalhão Escolar para intensificar segurança em unidades estaduais

Informação é do governador Mauro Mendes (UB) presada nesta semana

ALEXANDRA LOPES e KATIANA PEREIRA

mauro mendes

 

O governo estadual deve colocar em funcionamento nos próximos dias o Batalhão Escolar. Em entrevista nesta segunda-feira (24), o govenador Mauro Mendes (UB) informou que a medida deve intensificar a segurança nas escolas estaduais e tranquilizar os pais de alunos diante de série de notícias falsas relativas a supostos ataques nas unidades de ensino. O governador, porém, não deu mais destalhes sobre a formação do novo corpo de segurança.

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) já havia anunciado a implantação de um protocolo com medidas emergenciais para o enfrentamento da onda de ataques. Dentre as medidas traçadas, estão o fortalecimento das rondas policiais; disponibilização do botão do pânico; criação da Central de Atendimento às escolas; ampliação da campanha de paz nas unidades por meio dos grêmios estudantis; fechamento de portões; intensificação do trabalho socioemocional e a ampliação do número de psicólogos nas diretorias regionais.

Não dá para agir com impulso, querer tomar medidas espetaculosas. Isso não vai resolver o problema. Nós estamos criando um grande programa nas escolas. Câmeras de vigilância, botão do pânico, para poder dar pronta resposta. Estamos criando o Batalhão Escolar, que já vai entrar em operação. A exemplo do que fizemos com Batalhão Rural, nós vamos fazer também o Batalhão Escolar”, informou Mendes, destacando que o Batalhão Escolar já vinha sendo discutido desde o ano passado. 

Na última semana, a Polícia Civil de Lucas do Rio Verde (354 km ao norte de Cuiabá) ouviu 21 adolescentes suspeitos de participação no planejamento de um suposto massacre em duas escolas da cidade, que ocorreria no local. Segundo investigações do Núcleo de Atendimento à Mulher, Criança, Adolescente e Idoso, os menores também chegaram a cogitar a hipótese de um terceiro ataque em uma creche do município.

Segundo a Polícia Civil, um simulacro de arma de fogo e diversos aparelhos celulares foram apreendidos. No telefone de um dos adolescentes, foram encontradas várias fotos dele em posse de armamento pesado, além de informações de uma possível relação dele com uma facção criminosa.



Comente esta notícia