20 de Julho de 2024

OPINIÃO Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2023, 12:24 - A | A

Ubiratan Francisco Vilela Tom Spinelli

Neila boa

 Neila Barreto

Ubiratan Francisco Vilela Tom Spinelli nasceu em Poxoréo-MT, a 29 de maio de 1938, neto de Francisco Spinelli, italiano, casado com Eva Spinelli. Francisco e Eva são pais de Mário e Renato Spinelli. Ubiratan Spinelli é filho de Mário Spinelli e Rita Vilela Spinelli, irmão de Arminda e Jurandir.

Advogado, pecuarista no ramo da borracha, empresário, político, deputado estadual e federal, secretário de estado, conselheiro do TCE-MT, ingressando em 09/12/1991 na vaga do conselheiro Nelson Ramos de Almeida. Seu pai ocupou a presidência da Assembleia Legislativa de MT (1955-1956).

Casou-se com a advogada Beatriz Helena Bressane Spinelli, advogada, teve participação atuante na política e na história de Cuiabá. Vice-prefeita de Cuiabá (1989-1992) e vereadora (1993-1997), com quem teve os filhos Viviane, Marina e Rodrigo. Cursou o primário no Salesiano São Gonçalo em Cuiabá e o ginasial no Colégio Anglo-Americano, no Rio de Janeiro e Direito pela Universidade Federal de Mato Grosso-UFMT, com registro na OAB-MT desde 1967. Assumiu como presidente da Associação dos Seringalistas em 1970 e Associação Comercial de Cuiabá, em 1975.

Seguindo a trajetória política do pai, entrou para a vida pública em 1978, elegendo-se Deputado Estadual por duas legislaturas, pela antiga ARENA – Aliança Renovadora Nacional (1979-1983) e reeleito em 1983-1987. Foi Presidente da Comissão de Saúde e Assistência Social (1979); Presidente da Comissão de Constituição e Justiça (1980) e nomeado, em 1980, Secretário de Indústria, Comércio e Turismo por Ato Governamental.

Ubiratan Spinelli presidiu a Assembléia Legislativa do estado de Mato Grosso no biênio 1983/85. Integrou o Colégio Eleitoral que elegeu o Presidente da República, em 15 de janeiro de 1985. Foi secretário de estado de Turismo.

Deputado Federal Constituinte, pela coligação ADM – Aliança Democrática Municipalista, exerceu o mandato de 1987-1991, MT, PDS, cuja data de posse se deu em 01/02/1987, com participação intensa na elaboração da nova Constituição Federal. Membro das Comissões da Soberania e dos Direitos e Garantias do Homem e da Mulher (1988); da Revisão Territorial, responsável pela criação de 27 novos municípios no Estado; de Agricultura e Polícia Rural; Desenvolvimento Urbano, Interior e Índio; Constituição e Justiça; Comissão Mista do Congresso Nacional que estudou a Emenda Calmon; da Ordem Social; Autor do Projeto de Lei da Criação da ZPE de Cáceres-MT, tendo participado da luta pela ligação rodoviária com o Pacífico, a partir de Mato Grosso.

Foi indicado para o cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso em 11 de dezembro de 1991, pelo governador Jaime Verissimo de Campos, ocasionada pela aposentadoria do Conselheiro Nelson Ramos de Almeida, que aposentou em 14 de novembro de 1991, na gestão do conselheiro presidente – Oscar da Costa Ribeiro (1990-1992) e assumiu o cargo no ano de 2.000, onde plantou a semente da informatização do TCE-MT. Essa preocupação com a modernização e informatização do TCE-MT, à época veio com o olhar da sua experiência empresarial que aprendeu com o pai.

Exerceu o cargo de Conselheiro. Em várias oportunidades compôs a Mesa Diretora do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso-TCE-MT: Corregedor Geral (31/01/1997 a 31/01/1998); 29/01/1999 a 29/01/2000; Presidente 29/01/2000 a 31/01/2002; 31/11/2005 a 31/01/2006, onde trabalhou o planejamento estratégico do TCE-MT, recebendo a certificação de reconhecimento de gestão nível um, buscando a modernização institucional, dando início às obras da Escola Superior de Contas e da sede do Sindicato dos Trabalhadores do TCE-T. Além disso, Spinelli foi Diretor comercial da Agropecuária Morocó, 1965; Primeiro- Secretário da Associação Comercial de Cuiabá, 1970-1974; Diretor comercial da empresa Rio Novo Ltda., 1974; Presidente da Associação Comercial de Cuiabá, 1975; Diretor administrativo da Lagoa das Conchas empreendimento e Administração de Imóveis Ltda., 1976; Secretário da Indústria, Comércio e Turismo, MT, 1980-1982; Secretário de Indústria, Comércio e Turismo, 1980-1982.

Foi conselheiro representante do governo no Conselho Regional do Serviço Social da Indústria – SESI, a partir de 24 de junho de 1980. Membro do conselho de administração da METAMAT, eleito em 18 de setembro de 1980, da TURIMAT, desde 5 de maio de 1980 e de igual, do conselho do balneário Águas Quentes. Também pertenceu aos conselhos da EFRIMAT – Empresa de Frigorifico do estado de MT, CODEIC – Desenvolvimento Industrial e Comércio e ANEDI – Associação Nacional das Entidades de Desenvolvimento Industrial.

Ubiratan sempre foi muito atuantes na participação de seminários, encontros e debates, além de ser agraciado com diversas comendas de mérito e reconhecimento. Aposentou-se em 12 de dezembro de 2007.

(*) NEILA BARRETO é Jornalista. Mestre em História. Membro da AML e atual presidente do IHGMT.



Comente esta notícia