15 de Julho de 2024

OPINIÃO Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2023, 12:09 - A | A

Desperdício de alimentos e o Meio Ambiente

Noe Rafael

 Noé Rafael da Silva

Quem de nós nunca jogou sobra de comida ou algum outro alimento com aspescto detiorado no lixo. Não há dúvida que todos nós Brasileiros, uns mais outros menos, proporcionamos de forma inconciente o desperdício de alimentos. É paradoxal mas é a pura realidade.Todos os anos, este país perde quantidades estarrecedoras de alimentos ao longo de sua cadeia produtiva, desde o início da produção até o consumidor final.

Deixar bem claro que este texto não faz apelo para economizar, mas sim otimizar o consumo de alimentos, sem gerar sobra ou perda, promovendo o consumo consciente.

Ao abrirmos a geladeira da nossa casa e depararmos com um alimento cujo prazo de validade já expirou ou tem uma aparência ruim, sem dúvida, será descartado no lixo.

Essa atitude tem um forte apelo, pois além do fator econômico, também interfere fortemente no meio ambiente, pela necessidade de ampliar novas áreas para produção de mais alimentos, mais gasto de energia no transporte armazenamento, maior infraestrutura para o tratamento do lixo úmido gerado. 

Ao longo da nossa vida, incorporamos hábitos politicamente incorretos, pois quando vamos ao restaurante, escolas, festas, clubes, a sobra de alimento do prato, vai direto para o lixo.

Atentar para cerca de 30% dos alimentos produzidos no Brasil, são desperdiçados enquanto uma em cada nove pessoas passam fome no país, segundo o WFP (Programa Mundial de Alimentos) no Brasil -14 de agosto de 2022.

Com isso, no Brasil, 27 milhões de toneladas de alimentos são desperdiçadas em média a cada ano, levando em conta toda a cadeia de produção conforme análise da ONG Banco de Alimentos, com base em dados da Embrapa.

Segundo essa mesma Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), o desperdício de alimentos no Brasil acontece em toda a cadeia de produção: 10% do que é colhido se perde ainda no campo,. 50% é desperdiçado no manuseio e transporte, 30% é perdido na comercialização e abastecimento.28 de fev. de 2018.  

Em termos gerais, os subprodutos dos alimentos, como casca de fruta, casca de batata, casca da raiz de mandioca, folhas de verduras bem como partes de cortes da carne de animais, são considerados itens não comestíveis que também são descartados no lixo.

Destacar que se o desperdício de alimentos no mundo todo, fosse um país, seria o terceiro maior emissor CO2 (gás carbônico) do planeta, atrás apenas da China e dos Estados Unidos", diz Richard Swannell, diretor da WRAP. 

Segundo a ONU, estima-se que entre 8 e 10% das emissões globais de gases de efeito estufa que causa o aquecimento global, estão associadas a alimentos que não são consumidos no planeta.

Qualquer produção de alimento, tem por trás, aquisição da semente, preparo do solo, adubação, plantio, tratos culturais, colheita, transporte, armazenamento, embalagem, distribuição nos mercados até chegar nas nossas casas. O mesmo se aplica à carne, para a qual uma enorme cadeia de produção e processamento é necessária antes de chegar à boca do consumidor.

Por outro lado, em termos econômicos, o desperdício de alimentos não afeta apenas o bolso do consumidor (pois ele está pagando por um produto que não está comendo), mas também o mercado em geral. Sabe-se muito bem que o desperdício de alimentos é um mau negócio para todos, incluindo empresas, pessoas e o meio ambiente.

Nós consumidores, temos um papel importante referente ao desperdício de alimentos, mas isso requer conscientização, reflexão, mudança de hábitos e exercícios constantes de organização, planejamento na compra do alimento e criatividade. 

Eng. Químico Noé Rafael da Silva



Comente esta notícia

Dionisio L Pimenta 20/01/2023

Excelente texto amigo Noé. Consciência acima de tudo, o uso consciente do gênero alimentício só traz benefícios : hábitos saudáveis, financeiros e proteção ao meio ambiente.

Gerson de Andrade Correa 20/01/2023

Parabéns Noé pela matéria e aqui em casa temos o cuidado de não perdermos alimentos, já há muito tempo temos este cuidado e quando dá passamos para outros. Parabéns.

2 comentários

1 de 1