19 de Julho de 2024

JUDICIÁRIO Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2024, 08:54 - A | A

TRAJETÓRIA MARCADA POR DEDICAÇÃO

José Luis Lindote primeiro desembardador na história de Cáceres/MT

Sua jornada profissional começou cedo, aos 14 anos, como estagiário no Banco do Brasil

Edina Araújo/VGN

Lindeote

 Dr. José Luis Lindote

Cáceres (a 234 km de Cuiabá) terá o primeiro desembargador filho da genuinamente da terra, na história do município, José Luis Lindote, 60 anos.

Nascido e criado em Cáceres, neste solo fértil, o desembargador, que toma posse nesta quarta-feira (21.02), cuja história reflete o empenho e a determinação, alcançou uma posição ímpar na justiça brasileira.

Filho de pais respeitados na cidade, Dona Giroca e o saudoso Professor Lindote, ele absorveu desde cedo os valores da educação e da responsabilidade.

Em um ambiente onde o conhecimento era reverenciado, ele trilhou seu percurso educacional nas escolas públicas locais, culminando com sua formação na prestigiosa Universidade Federal.

Sua jornada profissional começou cedo, aos 14 anos, como estagiário no Banco do Brasil, seguido por uma passagem na Secretaria de Fazenda e, posteriormente, há mais de duas décadas, ingressou na magistratura.

Sua ascensão é ainda mais notável ao considerar que é o único cacerense a alcançar o cargo de desembargador até os dias de hoje.

Além de suas raízes profundas em Cáceres, sua atuação como juiz em diversas cidades do Estado deixou uma marca indelével. De Pedra Preta a Cuiabá, passando por Varzé Grande, suas decisões foram fundamentais para a aplicação da justiça e o avanço do sistema judicial.

Destacam-se, ainda, suas contribuições na área da saúde do Estado, com decisões fundamentais para o cidadão que mais necessita do Poder Público, até a reestruturação do sistema de precatórios no Brasil, uma tarefa árdua que demandou trabalho incansável nos tribunais estaduais, regionais e federais.

Sua participação ativa no Conselho Nacional de Justiça, auxiliando figuras proeminentes como os ministros Eliana Calmon, Falcão, Nancy Andrighi e João Otávio de Noronha, evidencia sua influência e competência no âmbito jurídico nacional.



Comente esta notícia

JOELMES JESUS DA COSTA 23/02/2024

A passagem dele pela SEFAZ MT foi preponderante para pretender, conseguir e ter essa carreira impecável na Magistratura, parabéns e felicidades eterno Chefe.

1 comentários

1 de 1