13 de Julho de 2024

ESPORTES Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2023, 11:18 - A | A

DEU EM A GAZETA

Volta do Mixto motiva o Campeonato Mato-grossense; jogo acontece sábado na Arena

Oliveira Júnior - Editor de Esportes de A Gazeta

mixto e cba

 

‘Messi brasileiro’, Caça - Rato , um Cuiabá cheio de gringos e a volta do Mixto. O Campeonato Matogrossense/2023 que começa nesse sábado (21) promete, principalmente pelo retorno do alvinegro cuiabano, após dois anos. Depois de amargar duas temporadas na Segunda Divisão o Tigre conquistou o título da competição no ano passado e de cara reencontra o campeão Cuiabá na partida de estreia, marcada para às 15h30 desse sábado, na Arena Pantanal.   

Sob a gestão de Dorileo Leal e Antero Paes de Barros, o Mixto quer recuperar o prestígio e o espaço no calendário nacional, perdido nas últimas décadas, com a simultânea ascensão do Dourado que chegou à Série A do Campeonato Brasileiro. 

“Nossas metas são conquistar as vagas para a Série D, a Copa do Brasil e a Copa Verde”, destaca Dorileo Leal, que investiu na formação de um novo elenco e a reestruturação do clube, o que inclui a aquisição de vans, ônibus e a utilização do recém inaugurado CT Ranulpho Paes de Barros, na região do Pedra 90.   

Para atingir a meta de reconduzir o clube de mais títulos no Estado ao cenário nacional, os gestores contrataram o técnico Wilson Júnior (ex-goleiro do Corinthians) e formaram um elenco com 20 novas contratações. Os poucos remanescentes do time campeão da Segundona são o atacante Luan, e os meias Igor e Juliano. Luan não enfrenta o Dourado nesse sábado. O jogador se recupera de uma lesão no ombro e está fora da fase inicial da competição por pelo menos quatro rodadas.   

Na pré-temporada, iniciada ainda em dezembro, a Mixto realizou quatro amistosos, contra Academia, União e Dom Bosco. Já o Cuiabá, que usará o Estadual como um laboratório para o Campeonato Brasileiro, também passou por uma grande reformulação; a começar pelo comando técnico. O português Ivo Vieira, que debuta no futebol brasileiro, substituiu o compatriota António Oliveira, que foi para o Coritiba. A diretoria dispensou cerca de 11 atletas, mas manteve jogadores importantes, como o goleiro Walter, o meia Rodriguinho e o atacante Deyverson, e, investiu na contratação de cinco reforços, entre eles alguns ‘gringos’, como o atacante paraguaio Isidro Pitta (ex-Juventude-RS) e o meia uruguaio Pablo Ceppelini (ex -Peñarol), além de reforços pontuais como Matheus Alexandre, Yuri Castilho e Fernando Sobral.   

Outros clubes  

Maior rival do Mixto, o Operário, que estreia diante do Dom Bosco, no domingo, repatriou o técnico Ariel Mamed e contratou como principal reforço o veterano Thiago Luis (33), que no início da carreira, no Santos, chegou a ser chamado de “Messi Brasileiro”.   

Outra estrela desse Estadual está no Cacerense. O time treinado por Marcos Menali (filho de Marcos Birigui) contratou o medalhão Flávio ‘Caça-Rato’, ídolo do Santa Cruz-PE, com passagem por vários clubes brasileiros.   

Treinado por Bernardo Gomes o Dom Bosco utilizará veteranos como Odair Júnior e Jean, pratas da casa e muitos atletas jovens indicados pela comissão técnica. O Leão completou 98 anos em 4 de janeiro e visa voltar a ser campeão até o seu centenário, em 2025.   

Já o Luverdense, que só confirmou a participação no Campeonato no final de dezembro, após eleger sua nova diretoria, passa por um processo de reestruturação que conta com o técnico Welington Simião (ex-jogador do clube) e a consultoria do experiente Tarcísio Pugliese.   

O União, que repatriou o técnico Odil Soares e a maioria dos atletas vice-campeões estaduais em 2022, garante que vai brigar pelo título. O Colorado estreia diante do Academia, às 18h desse sábado, no clássico local de Rondópolis.   

Campeão da Copa FMF no ano passado o Nova Mutum manteve o técnico Mário Roberto, com poucas contratações. Já o Sport Sinop renovou com o jovem treinador Charles Araújo e trouxe muitos jogadores do Sul do País.   

Regulamento

Na primeira fase, as dez equipes disputam turno único, todas contra todas.

As duas melhores vão diretamente à semifinal, enquanto 3º a 6º colocados avançam às quartas de final.

As duas piores da primeira fase são rebaixadas.

Em caso de igualdade na pontuação, são critérios de desempate: 1) mais vitórias; 2) melhor saldo de gols; 3) mais gols pró; 4) confronto direto; 5) menos cartões amarelos; 6) menos cartões vermelhos; 7) sorteio. Quartas, semifinal e final são disputadas no sistema mata-mata, em jogos de ida e volta. Em caso de igualdade em pontos nos duelos, são critérios de desempate: 1) saldo de gols no confronto; 2) disputa de pênaltis. Nas fases mata-mata, decide o jogo de volta em casa a equipe de melhor campanha na primeira fase. Aponte o celular e fale com o Editor Mato-grossense/2023 N CO Treinado por Bernardo Gomes o Dom Bosco utilizará veteranos como Odair Júnior e Jean, pratas da casa e muitos atletas jovens indicados pela comissão técda primeira fase são rebaixadas. Em caso de igualdade na pontuação, são critérios de desempate: 1) mais vitórias; 2) melhor saldo de gols; 3) mais gols pró; 4) confronto direto; 5) menos cartões amarelos; 6) menos cartões vermelhos; 7) sorteio. Quartas, semifinal e final são disputadas no sistema mata-mata, em jogos de ida e volta. Em caso de igualdade em pontos nos duelos, são critérios de desempate: 1) saldo de gols no confronto; 2) disputa de pênaltis. Nas fases mata-mata, decide o jogo de volta em casa a equipe de melhor campanha na primeira fase.



Comente esta notícia