19 de Julho de 2024

EDUCAÇÃO Segunda-feira, 06 de Fevereiro de 2023, 09:51 - A | A

REGISTROU B.O

Vereadora denuncia escola tradicional de Cuiabá por discriminação aos autistas; veja vídeo

Parlamentar diz que após filho revelar autismo a vaga antes ofertada "desapareceu"

RAFAEL COSTA- HNT

fachada coracao de jesus cba

 

A vereadora de Cuiabá, Maysa Leão (Republicanos), registrou um boletim de ocorrência contra a escola Coração de Jesus por discriminação contra seu filho que é autista. O vídeo foi postado nas redes sociais no domingo (5).

A parlamentar diz que seu filho sofreu capacitismo, tipo de preconceito que atinge as pessoas com deficiência.

De acordo com o relato, o filho da vereadora pediu para mudar de escola com o intuito de conhecer novos amigos. Diante disso, acompanhada do marido e do filho, decidiram conhecer a estrutura da escola Coração de Jesus, uma das mais tradicionais de Cuiabá.

"Nós entramos e fomos muito bem recebidos. A coordenadora da oitava série do vespertino informou que tinha duas vagas em cada período, vespertino e matutino. Daí informei que meu filho tem sensibilidade a barulho e ela ela perguntou se o meu filho tinha alguma condição especial", disse.

"No momento que ele [filho da vereadora] falou "eu sou autista", ela mudou completamente e informou que tinha limites de vagas e precisava verificar. Daí veio outra coordenadora e informou que não havia vagas", completou.

A parlamentar declarou que está decepcionada e, além do boletim de ocorrência contra o colégio, vai denunciar o episódio à Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Ministério Público Estadual (MPE) e ao Procon, órgão de defesa do consumidor.

Isso porque o colégio Coração de Jesus estaria violando a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) e a Lei Benenice Piana.

Engajada na defesa dos direitos das pessoas com deficiência, Maysa Leão diz que o episódio não a desanima a prosseguir lutando pela causa.

"Vou continuar defendendo. Estamos exaustas de discurso e não ver as coisas acontecendo na prática", concluiu.

OUTRO LADO

A reportagem do HNT entrou em contato com o colégio Coração de Jesus e foi informado que o diretor estava em reunião. O espaço segue aberto para manifestação.

VEJA VÍDEO


 

Clique aqu

lorem


Comente esta notícia

Cláudio Coelho Barreto Júnior 06/02/2023

É complicado para os dois lados. Pois vejamos, a criança tem sensibilidade auditiva, como controlar o barulho no horário do intervalo, onde centenas de crianças estarão juntasa brincar. Esta criança precisará de um acompanhante durante as aulas, se sim, isto terá custo adicional?. Diálogo, conversando, procurando solução para o caso concreto.

1 comentários

1 de 1