19 de Julho de 2024

CULTURA Domingo, 11 de Junho de 2023, 10:50 - A | A

Centenário

Obras de Lenine de Campos Póvoas ganham reedição

As artes do box e das capas trazem uma composição de mosaicos cuiabanos da Ladrilhos Gaudi

C/ Assessoria

lenine lendo

 Lenine de Campos Póvoas

Intelectual multifacetado

Lenine de Campos Póvoas (1921-2003) foi Professor, advogado, jornalista, escritor, cientista político, administrador público, político e historiador. Foi membro do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso e da Academia Mato-grossense de Letras.

Publicou diversos livros nas áreas de Geografia, História, Administração Pública e Cultura lelativos ao Estado de Mato Grosso.

Filho do professor Nilo Póvoas e da professora Rosa de Campos Póvoas, formou-se bacharel em Direito no Rio de Janeiro. Casou-se com Arlete Gargaglione Póvoas, com quem teve três filhos: Aluízio Gargaglione Póvoas, Eduardo Gargaglione Póvoas e Maria Helena Gargaglione Póvoas.

Em seu discurso de posse como ocupante da Cadeira número 33 da AML, que foi de Lenine Póvoas, o acadêmico Fernando Tadeu de Miranda Borges lembrou que, morador do Bairro do Porto, na Capital, ele “fez de sua vida um modelo de dedicação ao magistério e ao ofício de escrever, notabilizando-se como escritor na área da História Cultural, Econômica, Social e Política.

Com muitas publicações, trouxe observações interessantes sobre “cuiabanidade” e cultura econômica mato-grossense, num universo maravilhoso e mágico, e que merecem ser conhecidos, e continuamente apreciados”, escreveu.

Segundo Fernando, Lenine Póvoas era um profundo conhecedor da cultura mato-grossense e amou sua cidade. “O livro História da Cultura Mato-Grossense [que faz parte da coleção reeditada],de sua autoria, publicado em 1994, pela Editora Resenha Tributária, de São Paulo, tem notas preciosas”, lembrou o acadêmico.

Na política, destacou-se como deputado estadual nas legislaturas de 1947 a 1950 e 1951 a 1954, e vice-governador de Mato Grosso, no Governo de Pedro Pedrossian, no período de 1966 a 1971.

Em Mato Grosso, ocupou diversos cargos públicos, tendo sido o primeiro presidente da Fundação Cultural, que posteriormente transformou-se em Secretaria de Estado de Cultura, acrescentou Fernando.

As comemorações pelo centenário de nascimento de Lenine de Campos Póvoas, completados em 2021, ganham um novo e importante capítulo na próxima terça-feira (13) com o lançamento de 12 livros do autor que estavam esgotados. Será durante sessão especial realizada pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).Da coleção, que é organizada em um belo box, a ser distribuído a instituições e aos municípios do estado, nove obras serão disponibilizadas gratuitamente para download.

O projeto de reedição foi apresentado pela Entrelinhas Editora, que recebeu patrocínio do Instituto Memória do Poder Legislativo “Deputado Lenine de Campos Póvoas”, com
apoio institucional do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso (IHGMT).

O desafio de publicar estas obras esgotadas exigiu mais de 3 anos de uma equipe dedicada a este projeto. Como resultado, 300 coleções impressas serão destinadas a instituições de pesquisa, algumas bibliotecas, pesquisadores na área de Ciências Sociais e aos municípios do estado”, informa a editora Maria Teresa Carrión Carracedo, da Entrelinhas.

Segundo ela, das 12 obras, nove estarão sendo disponibilizadas a partir da semana seguinte ao lançamento, em formato digital, a todos os interessados, “o que deve gerar milhares de downloads”. A editora também destinará coleções impressas a algumas instituições e autores.

LUIZ FERNANDO VIEIRA

 REALIZADO A MUITAS MÃOS

O projeto teve a coordenação e autoria de Neila Barreto, presidente do IHGMT, coordenação interinstitucional de Allan Kardec, vice-presidente do IHGMT e atual secretário de Ciência e Tecnologia do estado e coordenação editorial de Maria Teresa, que também é membro do IHGMT.

A coordenação institucional na Assembleia Legislativa é de Mara Visnadi, superintendente do Instituto Memória do Poder Legislativo.

A pesquisa iconográfica em busca das raras imagens originais no acervo do autor e da editora foi realizada por Ricardo Miguel Carrión Carracedo. O design das capas dos
livros e da caixa box, uma composição de mosaicos cuiabanos da Ladrilhos Gaudi, foi realizada por Maike Vanni.

Os assistentes na edição, com dedicação exclusiva, foram Manoela Carracedo Ozelame, Rafael Carracedo Ozelame e Miguel Castanho Carracedo. A catalogação dos livros da biblioteca do autor, doados pela família ao IHGMT, ficou a cargo da historiadora e professora Elizabeth Madureira Siqueira, também é membro do Instituto.

SERVIÇO:

O lançamento da coleção com 12 livros de Lenine de Campos Póvoas reeditados será na terça-feira (13), às 19 horas, na ALMT.

Os livros que fazem parte do box :

“Mato Grosso: Um Convite à Fortuna” (1977)
“Sobrados e Casas Senhoriais de Cuiabá (1980)
“Influências do Rio da Prata em Mato Grosso” (1982)
“Cuiabá de Outrora: Testemunho Ocular de Uma Época” (1983)
“História da Cultura Mato-grossense” (1983)
“O Ciclo do Açúcar e a Política de Mato Grosso” (1983)
“História de Mato Grosso: Síntese” (1985)
“Reminiscências” (1987)
“O Caos Brasileiro” (1988)
“Os Italianos em Mato Grosso” (1989)
“História Geral de Mato Grosso: Dos Primórdios à Queda do Império -Volume 1 (1995)
“História Geral de Mato Grosso: Da Proclamação da República aos Dias Atuais - Volume 2 (1995)



Comente esta notícia