19 de Julho de 2024

CIDADES Sábado, 08 de Abril de 2023, 16:04 - A | A

Websérie do PP questiona: afinal, o linguajar cuiabano pode morrer?

Com participação do Coral Mato Grosso, Totó Bodega, Pescuma e convidados a websérie comemora os 304 anos da capital de Mato Grosso.

Ana Adélia Jácomo- Primeira pagina

web serie ppO 3º episódio da websérie “Linguajar Cuiabano” está no ar, e neste sábado (8), dia do aniversário de Cuiabá, vamos entender “se o cuiabanês pode morrer”.

Para explicar o futuro da forma de falar, convidamos Aclyse Mattos – mestre em Comunicação.

Também participa deste episódio Moisés Martins – cirurgião dentista, poeta, escritor e membro da Academia Mato-grossense de Letras.

Autor de centenas de músicas e poemas que valorizam a cultura cuiabana, como por exemplo a música Pixé, que Moisés se emocionou ao cantar a pedido do Primeira Página.

Trazendo a alegria da música cuiabana, a regente Sônia Mazetto, do Coral Mato Grosso, explicou o motivo de terem criado um grupo de canto que exalta o linguajar cuiabano em seus versos.


Com três episódios, vamos entender de onde veio essa forma de falar, quais as nuances linguísticas e, afinal, procurar entender se o “cuiabanês” pode morrer.

Você confere o episódio completo aqui, no portal Primeira Página, e na Centro América FM.

Veja o 1º episódio: Você sabe de onde veio o linguajar cuiabano? O PP te conta

Veja o 2º episódio: Websérie do PP te ensina como se fala o legítimo cuiabanês

Com apresentação e produção de Ana Adélia Jácomo– editora de conteúdo do Primeira Página, imagens e edição de Wesllen Ortiz – repórter de redes sociais do portal – especialistas foram entrevistados, além de ícones da cuiabania.



Comente esta notícia