13 de Julho de 2024

CIDADES Quinta-feira, 23 de Março de 2023, 10:51 - A | A

FOCO NA INFRAESTRUTURA

Ministro garante a Mauro que já tem recursos para asfaltar BRs 158 e 242

Renan Filho disse que espera ter resultados para anunciar durante sua visita a Mato Grosso, agendada para o dia 28 de abril

Gabriel Soares Editor-Chefe | Estadão Mato Grosso

min transportes

 

Recursos para destravar o asfaltamento das BRs 158 e 242 já estão assegurados. A garantia foi dada pelo ministro dos Transportes, Renan Filho, durante reunião com o governador Mauro Mendes (União) em Brasília, na tarde desta quarta-feira, 22 de março.

No entanto, ainda é preciso resolver pendências de licenciamento ambiental para dar início às obras. Renan Filho afirmou na reunião que espera ter resultados para anunciar durante sua visita a Mato Grosso, agendada para o dia 28 de abril.

"O ministro, como sempre, muito gentil, competente, conhece do ramo e está muito empenhado para dar uma solução à 158. Nós estamos acreditando muito, porque essa foi uma das prioridades que colocamos para o presidente Lula resolver em Mato Grosso. O ministro, com a equipe do DNIT [Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes], está empenhado em dar uma solução", relatou o governador, após a reunião.

A mesma garantia já havia sido dada pelo ministro aos senadores Jayme Campos (União) e Wellington Fagundes (PL) na última terça, 21, durante reunião conjunta das comissões de Infraestrutura e de Desenvolvimento Regional. Na ocasião, o ministro afirmou que tem previsão de investir cerca de R$ 900 milhões em Mato Grosso, sendo R$ 502 milhões para manutenção de estradas e R$ 493 milhões para obras de construção e adequação viária.

O problema da BR-158 é um trecho de 120 km que precisa ser asfaltado. O traçado original da rodovia atravessava a reserva indígena Marãiwatsédé e acabou sendo fechado por ordem da Justiça Federal. Diante disso, o governo federal optou por um caminho alternativo, que corta os municípios de Bom Jesus do Araguaia, Serra Nova Dourada e Alto Boa Vista.

A estrada na região não tem asfalto, fazendo os caminhoneiros sofrerem com atoleiros, buracos e congestionamentos constantes, além de aumentar as chances de acidentes.

Já na BR-242, o principal problema é no trecho que liga o distrito de Santiago do Norte a Querência, por conta de pendências em licenças ambientais.

De acordo com o ministro Renan Filho, os recursos federais já estão disponíveis e agora só é necessário aguardar a resolução de entraves ambientais para iniciar as obras.

"São BRs fundamentais para o desenvolvimento de Mato Grosso, da região do Araguaia. E nós vamos trabalhar duro para realizar essas obras, que é o que o presidente Lula tem a nós recomendado. Ele já garantiu os recursos e agora precisamos finalizar as autorizações ambientais dessa obra. No dia 28 de abril, estarei em Mato Grosso, se Deus quiser para dar notícias boas", adiantou o ministro.

Também estiveram presentes os senadores Jayme Campos e Wellington Fagundes; a deputada federal Coronel Fernanda e o secretário-chefe da Casa Civil, Rogério Gallo; além de prefeitos, vereadores e lideranças



Comente esta notícia