13 de Julho de 2024

CIDADES Quinta-feira, 16 de Março de 2023, 14:52 - A | A

CINCO TONELADAS DIÁRIAS

Lixo encontrado no Centro é causa de entupimento de bueiros nas chuvas, alerta Defesa

Conforme um balanço realizado pela prefeitura, mensalmente, são retiradas mais de 20 toneladas de carga poluidoras somente dos bueiros da cidade

Da Redação - HNT

lixo na calcada cba

 

A Defesa Civil de Cuiabá alerta à população para que não jogue lixo nas ruas considerando os prejuízos decorrentes da obstrução de bueiros, o que incide em situações de alagamentos. Nesta quarta-feira (15), equipes do órgão percorreram alguns locais da Capital e constataram o problema na região da Praça Ipiranga, no cruzamento entre as avenidas Tenente Coronel Duarte (Prainha) e Isaac Póvoas. Somente na região central, cerca de cinco toneladas de lixo são removidas diariamente pelas equipes da Empresa Cuiabana de Zeladoria Urbana (Limpurb).

O coordenador de Defesa Civil, Ozeias Souza Oliveira, explicou que nesse período de chuvas, a Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop) e a Limpurb reforçam as ações de limpeza e desobstrução de bueiros a fim de garantir o funcionamento adequado do sistema de escoamento das águas pluviais, evitando assim maiores transtornos à população.

"Com as chuvas, o lixo jogado nas ruas acaba entupindo os bueiros, provocando alagamentos como os que ocorrem na avenida da Prainha, no Centro e em outros pontos da cidade. O poder público intensifica suas ações, mas a população também precisa colaborar”, destacou o coordenador Ozeias Souza Oliveira.

Conforme um balanço realizado pela gestão, mensalmente, são retiradas mais de 20 toneladas de carga poluidoras somente dos bueiros.

CUIDADOS 

Ozeias Oliveira aproveitou para reforçar as medidas de segurança que a população deve tomar diante da previsão de chuvas nos próximos dias.

Ele lembrou que a população deve acompanhar as previsões do tempo e observar o comportamento dos córregos e rios. A recomendação da Defesa Civil é que, ao verificar a elevação do nível da água, as pessoas devem levantar os móveis, desligar os aparelhos elétricos da tomada e buscar locais mais seguros.

O coordenador alertou para que as pessoas evitem se abrigar debaixo de árvores, postes, coberturas metálicas, fiação e torres de transmissão além de evitar trafegar em áreas de inundação ou em ruas sujeitas a alagamentos. No caso de ocorrência de raios e/ou chuvas intensas, os equipamentos devem ser desligados das tomadas. Também devem ser evitados locais abertos e descampados e não ficar dentro da água; evitando rios e cachoeiras onde em condições de chuvas intensas, pode levar a ocorrência de cabeças d’água.

Para acionar o Corpo de Bombeiros Militar, a população deve ligar no número 193. A Defesa Civil de Cuiabá pode ser acionada pelo telefone 3623-9633 ou pelo WhatsApp (65) 99310-8810.



Comente esta notícia