23 de Julho de 2024

CIDADES Quinta-feira, 11 de Janeiro de 2024, 18:31 - A | A

PORTÃO DO INFERNO

Conselheiro do TCE alerta sobre risco iminente de desabamento no Portão do Inferno

Ao longo dos km 42 a 48 há diversos pontos em situação de emergência com o risco de desabamento

Primeira pagina

paredao de chapada

 

O presidente do TCE-MT (Tribunal de Contas do Estado), conselheiro Sérgio Ricardo, demonstrou grande preocupação com a possibilidade de desabamento do Portão do Inferno, na MT-251, que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães. “Há um risco de, a qualquer momento, de tudo aquilo desabar [região do Portão do Inferno], declarou.

Em declarações recentes sobre a situação da MT-251, que tem enfrentado sucessivos deslizamentos de terra desde o começo do período chuvoso, em novembro de 2023, Sérgio Ricardo reafirmou a periculosidade da passagem para os motoristas.

Não vejo como solução fechar parte da pista, meia pista. Não adianta, pois continua fazendo peso”, ponderou o conselheiro.

O Governo de Mato Grosso chegou a decretar ano passado situação de emergência entre os km 42 e 48. Conforme a Sinfra-MT (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística), um estudo encomendado mostrou a existência de 10 pontos críticos nas encostas à margem da estrada que liga Cuiabá e Chapada dos Guimarães. Destes, quatro são considerados de risco maior para integridade da rodovia.

Ainda que apenas veículos de pequeno porte estejam autorizados a passar pela região no esquema pare e siga, obras estão sendo realizadas ao longo da MT-251 com o objetivo de mitigar o problema.

Novos desdobramentos aconteceram nesta quinta-feira (11), quando o conselheiro Sérgio Ricardo relatou que há uma erosão muito forte no pontilhão do Portão do Inferno e ao longo das proximidades daquela pista. Ainda, segundo ele, a água da chuva escorre dentre a rocha e se infiltra .

“Toda água que cai ali, não tem um direcionamento correto, ela vai entrando onde acha frestas. Nesse caso, o buraco é justamente no pontilhão. Então há um risco de a qualquer momento, tudo aquilo desabar, explicou . “

WhatsApp Image 2023 12 11 at 15.16.09 1

Trânsito

A tráfego na região do Portão do Inferno, na MT-251, mais conhecida como “Estrada de Chapada”, está sendo interrompido, das 8h às 14h, todos os dias até a conclusão de obras no local, de acordo com a Sinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística).

O tráfego de veículos leves na rodovia leva em consideração as condições meteorológicas. Em caso de chuva, o trecho é interditado imediatamente. A pista estava totalmente bloqueada nesta quinta-feira (11), devido as chuvas que caíram ontem a noite.

Polícia Militar está com barreiras montadas na Salgadeira e próximo a Casa do Mel, para evitar veículos pesados no trecho do Portão do Inferno. (Foto: PMMT)
Pista bloqueada na MT-251. (Foto: PMMT)

A Sinfra-MT ainda mantém a proibição do trânsito de veículos pesados nesse trecho da MT-251, que passa pelo Portão do Inferno, que deverão buscar vias alternativas. A rota indicada é ir pela BR-163 e 070 até Campo Verde e, de lá, seguir pela MT-140 e MT-251 até Chapada dos Guimarães.

Vistoria

Na sexta-feira (11), está marcada uma vistoria do TCE-MT na região do Portão do Inferno na MT-251, junto à imprensa, a partir das 9h da manhã.

O Conselheiro Sérgio Ricardo afirmou que todos os técnicos do Tribunal e engenheiros foram convidados, assim como o ICMbio, (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), Universidade, Casa civil, Defesa civil, e Corpo de Bombeiros.

 


Comente esta notícia