21 de Julho de 2024

AGROECONOMIA Segunda-feira, 12 de Junho de 2023, 08:09 - A | A

Senadora afirma que reforma tributária está sendo criada para beneficiar Sul e Sudeste

Com forte ligação com setor industrial, Buzetti prevê industrias saindo de MT

Da Redação - Jardel P. Arruda

senadora

 senadora Margareth Buzetti (PSD) 

Com forte ligação com o setor industrial, a senadora Margareth Buzetti (PSD) afirma a reforma tributária nos modelos como tem sido discutida atualmente pelo governo federal vai desindustrializar o estados produtores, como Mato Grosso, e beneficiar somente o Sul e Sudeste.

A proposta debatida atualmente prevê a criação de um imposto sobre consumo para substituir o imposto sobre circulação de mercadorias e serviço (icms) e acabando com incentivo fiscal. Contudo, nenhum texto oficial foi apresentado ainda pelo governo federal.

Uma fábrica de borracha vai estar no Centro-Oeste? Uma fábrica de tintas vai estar aqui em Cuiabá? Uma fábrica de transformadores? Sendo que o consumo está em outro lugar, a logística é melhor em outro lugar”, disse a senadora, na semana passada, em Cuiabá, a respeito do fim das políticas de incentivo fiscal.

Como Mato Grosso está mais distante dos grandes centros de consumo e tem maiores desafios logísticos, a tendência é que indústrias se mudem daqui para Sul, Sudeste e Nordeste, onde há maior concentração de consumidores e, consequentemente, menos desafios logísticos para entrega do produto ao mercado.

Outro ponto que prejudica Mato Grosso é a criação do imposto sobre consumo, que concentra arrecadação nos estados mais populosos, portante, novamente, para Sul e Sudeste. “O imposto vai onde tem consumo. Não tem lógica. Essa reforma é pro Sul e Sudeste. Desculpe, mas sou contra e vou debater até o fim defendendo Mato Grosso”, disse.

Ela ainda garantiu que irá travar debates e promover alterações na reforma tributária na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado caso a proposta chegue da forma na casa revisora do Congresso Nacional.



Comente esta notícia