15 de Julho de 2024

AGROECONOMIA Quarta-feira, 24 de Maio de 2023, 13:35 - A | A

INFRAESTRUTURA

Mato Grosso terá R$ 3,3 bilhões para obras de escoamento da produção agrícola; cinco terão início este ano

Da Redação - O Documento

contorn rodoviario cba

 Entre obras previstas para o estado estão o Contorno Rodoviário de Cuiabá, a implantação e pavimentação da BR-080 e a construção da BR-242, de Sorriso a Ribeirão Cascalheira

Estado fundamental para a integração com a América do Sul, o Mato Grosso receberá pelo menos R$ 3,33 bilhões em obras estruturantes de transportes até 2026.

Elas serão apresentadas pelo ministro dos Transportes, Renan Filho, junto com um plano para integração dos países da região na Cúpula Anual 2023 do Fórum Internacional de Transportes (ITF – Transport Enabling Sustainable Economies), que ocorrerá até sexta-feira (26) na Alemanha.

Cinco obras fundamentais para o escoamento da produção agrícola mato-grossense terão início só esse ano. Entre elas, estão o Contorno Rodoviário de Cuiabá, com intervenções em 52,7 quilômetros da BR-070/163/364/MT e investimento de R$ 281,4 milhões; e a construção do Contorno de Jaciara, com 60,1 quilômetros na BR-163/MT e orçamento de R$ 80 milhões.

Também fazem parte dos planos empreendimentos como o Contorno Rodoviária de Barra dos Garças, com 9,9 quilômetros da BR-070/MT e recursos de R$ 30,4 milhões; a construção da BR-242/MT, entre Sorriso e Ribeirão Cascalheira, com 179,9 quilômetros e valor estimado de R$ 941,6 milhões; e a construção dos lotes 1 e 2 da BR-158/MT, na divisão do estado com o Pará, com 179,9 quilômetros e investimento de R$ 941,6 milhões.

Vamos tratar do fortalecimento da logística, da melhoria da mobilidade urbana e de projetos com sustentabilidade ambiental e com segurança para o cidadão, além de mostrar nossos projetos para melhorar a integração do Mato Grosso e do Brasil com os outros países da América do Sul”, ressaltou o ministro Renan Filho.

Mais obras

O Governo Federal ainda planeja o início de pelo menos mais duas obras estruturantes para o Mato Grosso nos próximos anos. A primeira delas, prevista para 2024, é a implantação e pavimentação de 170 quilômetros da BR-080/MT. O projeto inicial apresenta valor estimado de R$ 1 bilhão. A segunda, com início previsto para 2025, se refere à implantação do Porto de Santo Antônio das Lendas, na BR-174/MT, divisa do estado com o Amazonas. A previsão de custos dessas obras é de R$ 355 milhões.

Atualmente composto por 64 países membros, o ITF é uma organização intergovernamental autônoma ligada administrativamente à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Trata-se de um órgão internacional que atua como um think tank para questões relacionadas à política de transportes de todos os modais e que realiza anualmente um encontro entre ministros de Transportes dos países membros, no qual são apresentadas as últimas novidades e políticas do setor.



Comente esta notícia