20 de Agosto de 2019

POLÍCIA Sexta-feira, 26 de Julho de 2019, 09h:24 - A | A

SUPOSTAS AMEAÇAS

Ex-mulher de secretário faz ocorrência e pede medida protetiva

CÍNTIA BORGES DA REDAÇÃO - Midia News

Alair Ribeiro/MidiaNews

image

O secretário de Estado de Gestão e Planejamento, Basílio Bezerra, foi acusado pela ex-esposa de ameaçá-la de morte depois da separação do casal. Segundo ela, as ameaças também foram feitas contra pessoas de sua família.

As acusações constam em um boletim de ocorrência registrado no dia 10 de junho pela servidora P.M.A., que manteve um relacionamento de oito anos com Bezerra.

 No documento público, ela pede medidas protetivas previstas na Lei Maria da Penha.

Conforme o boletim de ocorrência número 2019.173948, registrado na Delegacia de Defesa da Mulher de Cuiabá, Basílio também a teria difamado e injuriado, tendo inclusive ameaçado contar para seu atual companheiro detalhes da vida íntima dela.

“Relata a vítima que durante todo o relacionamento o suspeito sempre se apresentou como uma pessoa violenta e ciumenta, que após a separação em detrimento da disputa de bens do casal, o suspeito externou comportamento contra a vítima extremamente desagradável, vindo a realizar por diversas vezes ameaça contra a pessoa da vítima e de membros de sua família”, consta no B.O.

“Ameaças, estas, inclusive de morte, que a vítima relata que já fora também injuriada e difamada, inclusive chegando ao ponto do suspeito ameaçar expor o atual relacionamento da vítima mencionando que iria relatar situações particulares e íntimas”.

Conforme o documento, a ex-esposa diz que possui “várias mensagens de celular que provam as alegações”.

O outro lado

Na semana passada, Basílio divulgou nota negando que tenha agredido a ex, o que chegou a ser divulgado em sites, mas reconhecendo a existência do boletim de ocorrência.

O secretário alega que já prestou os esclarecimentos à Polícia Civil, "o que resultou no pedido de arquivamento do inquérito policial".

Leia a nota:

O Secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Basílio Bezerra Guimarães dos Santos, vem a público esclarecer os seguintes fatos relacionados à inverídica matéria jornalística divulgada a seu respeito:

1. Nunca houve qualquer acusação de espancamento nem sequer de agressão, existindo apenas um boletim de ocorrência registrado por sua ex esposa em que alega ter ocorrido ameaça velada em conversas sobre a separação do casal;

2. O Secretário de Estado já foi ouvido pela delegada do caso e apresentou documentos, tendo a Polícia Civil concluído pela inexistência de qualquer crime praticado e relatado o inquérito pelo arquivamento do caso;

3. A falsa matéria – absolutamente sensacionalista – tem por único fim manchar a imagem do Secretário de Estado, que já apresentou sua defesa à polícia, por meio de depoimento e provas documentais, o que resultou no pedido de arquivamento do inquérito policial;

4. Em razão disso, reafirma-se a retidão e integridade do Secretário Basílio Bezerra, cuja vida pessoal e profissional é pautada pela ética e moralidade de mais de uma década e meia dedicada ao serviço público, como concursado do Estado de Mato Grosso.

5. Por fim, o Secretário afirma estar indignado pela maneira como desafetos do governo do Estado estão explorando politicamente com mentiras fatos de sua vida pessoal.

6. Em razão de tudo isso, o Secretário ainda informa que tomará as medidas judiciais cabíveis.

Veja trecho do boletim de ocorrência:

Reprodução

 

Imprimir


Comentários